29/01/2010

Palácio Gustavo Capanema será a sede administrativa dos Jogos Olímpicos de 2016

Publicada em 29/01/2010 às 15h38m
Paulo Roberto Araújo

RIO - O Palácio Gustavo Capanema, no Centro do Rio, construído em 1936, com a consultoria do arquiteto suíço Le Corbusier, será a sede do comitê organizador das Olimpíadas de 2016 e da Autoridade Pública Olímpica. O anúncio foi feito pelo governador Sérgio Cabral, na manhã desta sexta-feira, em Londres.

O ministro dos Esportes, Orlando Silva, que também está em Londres, disse que a reforma do local será um dos legados das Olimpíadas para o Rio de Janeiro.

O palácio é considerado um marco na arquitetura moderna brasileira. Foi projetado projetado por uma equipe composta por Lucio Costa, Carlos Leão, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Ernani Vasconcellos e Jorge Machado Moreira, com a consultoria de Le Corbusier.

A construção ocorreu entre 1936 e 1945 e o edifício foi entregue em 1947. O prédio tem jardins projetados por Burle Marx e obras de Cândido Portinari. No local, atualmente, trabalham os representantes do Ministério da Educação.

No palácio, podem ser apreciadas também pinturas de Alberto Guignard, Pancetti e esculturas de Bruno Giorgi, Jacques Lipchltz e Celso Antônio Silveira de Menezes. Hoje, mais de 95% da obra de Portinari, considerado o maior pintor brasileiro contemporâneo, estão inacessíveis ao público, guardadas em coleções particulares.

O prédio tem 16 andares e está construído numa área de 27.536 metros quadrados. Os materiais usados na construção foram: ferro e concreto, combinação de gnaisse e painéis de azulejos. Foram utilizados ainda mármore de lioz e tijolo de vidro inglês misturado com mármore amarelo.

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget