09/02/2010

Museu da Amazônia constrói 'planetário indígena' em Manaus

Um dos projetos de SL/CA (Software Livre e de Código Aberto) mais legais que conheço sobre astronomia pode estar sendo utilizado dentro dos museus para ensinar astronomia de diferentes etnias (mentira, na verdade só tenho conhecimento de um museu). A proposta do MUSA (Museu da amazônia) é ter um espaço num planetário inflável dentro do Jardim Botânico de Manaus, onde os visitantes possam visualizar as constelações da cultura Tupi-Guarani.



As instalações foram construídas na Reserva Adolpho Ducke, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), onde também está sendo construída a sede do Musa.



“O mesmo céu era visto de forma distinta por cada etnia. Cada uma tinha seus mitos”, conta o astrônomo Germano Afonso, do Musa, que estuda a relação entre as culturas indígenas e os astros. “Eles faziam a leitura do céu para regular o cotidiano, a caça, a pesca. Pelo céu, eles sabem quando vai haver uma estiagem ou um pequeno período de chuva.”

O museu tem em sua equipe alunos indígenas das culturas baré, desana, tukano e ticuna, que são também alunos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e foram treinados para explicar como seus povos interpretavam as estrelas. A notícia veiculada pelo G1 informa que o software utilizado foi desenvolvido na própria capital. No entanto, já circula na internet a um bom tempo um software livre que realiza exatamente a mesma função. É o Stellarium.

O software pode simular céus em tempo real, e apresentar constelações vistas por diferentes culturas inclusive a Tupi-Guarani.

Saiba mais:

Globo.COM: http://www.globoamazonia.com/Amazoni...EM+MANAUS.html
Museu da Amazônia: http://www.museudaamazonia.org.br/
Site Oficial do Stellarium: http://www.stellarium.org

4 comentários:

  1. Nêste Brasil continental, é díficil ficar sabendo o q ocorre de uma ponta a outra. Esperamos q os sistemas municipais de museus, venham suprir nossos conhecimentos, como diz o Fabiano autor dêsse blog: museológicos, museisticos ou museais rsrsrs...

    ResponderExcluir
  2. Adua! Só uma correção: este blog concentra alguns autores! O Fabiano é um deles, e digamos assim, pode ser considerado nosso editor-chefe. rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Desculpe querida museóloga Maíra, só agora estou te lendo. Antes tarde do q nunca.
    Como êle posta mais, acabei cometendo a injustiça.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de esclarecer que para Manaus realmente faltava um planetário, pois em outras cidades há.
    Eu conheci o de Santa Maria e gostei muito.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget