13/04/2011

Museu Falológico

Homem de 95 anos doa pênis a museu dedicado ao órgão.
Um homem de 95 anos doou seu pênis para o 'Museu Falológico' - dedicado ao órgão - localizado na pequena cidade de Husavik, na Islândia. O turismólogo Pall Arason, da aldeia vizinha de Akureyri, prometeu seu membro para a galeria de seu amigo Sigurdur Hjartarson, há 15 anos. O primeiro órgão humano do museu foi oficialmente colocado em exposição em uma cerimônia feita logo após a morte Arason, conta o jornal The Sun.

O membro se encontra em exibição ao lado de uma extensa coleção de pênis de mamíferos, incluindo baleias, focas e ursos.
"Ele gostava de ser o centro das atenções, era um cara engraçado e gostava de ser provocativo", conta o dono do museu sobre o doador.
Outros homens também se comprometeram a fazer o mesmo - incluindo um britânico, um americano e um alemão -, mas Pall fez a primeira doação do museu com êxito. "Espero por ele (Pall) há 15 anos", disse o dono do museu.
O local possui 276 espécies de membros masculinos, incluindo um de 67 cm, descrito como "extraordinariamente grande osso de pênis de uma morsa canadense".
Sigurdur, que tem 69 anos, conta que seu interesse pelo tema começou cedo, quando ainda jovem ganhou um chicote feito de pênis de boi para ajudá-lo a organizar o rebanho. Mais tarde, quando trabalhava em uma escola, colegas deram de presente o membro de uma baleia.
"As pessoas estão sempre doando órgãos depois que morrem. Não é diferente de doar um pênis", afirma.
http://odia.terra.com.br/portal/mundo/html/2011/4/homem_de_95_anos_doa_penis_a_museu_dedicado_ao_orgao_157572.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget