26/02/2013

Exposição Arquivos do Brasil, Memória do Mundo



O Arquivo Nacional realiza, de 26 de fevereiro a 07 de junho de 2013, em sua sede no Rio de Janeiro, exposição em homenagem aos 20 anos do Programa Memória do Mundo da UNESCO/Memory of the World – MOW e aos 5 anos de instalação do Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo.
O Programa foi instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO com o propósito de preservar e facilitar o acesso ao patrimônio documental que integra a memória coletiva dos povos, estimulando a consciência mundial sobre a sua importância.
Entre os anos de 2007 e 2011, foram nominados cinquenta e cinco acervos brasileiros expressivos de uma enorme diversidade cronológica e de tipologias documentais, custodiados pelas mais diferentes instituições e assim distribuídos: 1 acervo na região Norte; 11 acervos na região Nordeste; 39 acervos na região Sudeste; 1 acervo na região Sul; e 3 acervos na região Centro-Oeste.
O filme Limite, de Mário Peixoto (Fundação Cinemateca Brasileira); a Lei Áurea (Arquivo Nacional); os manuscritos musicais de Carlos Gomes (Fundação Biblioteca Nacional); o diário de viagens do Imperador d. Pedro II pelo Brasil e pelo mundo (Museu Imperial) são alguns exemplos de acervos agora reconhecidos como Memória do Mundo.
A exposição tem como objetivo: tornar conhecido o Programa Memória do Mundo da UNESCO e suas ações; difundir os cinquenta e cinco acervos brasileiros nominados no Programa Memória do Mundo; promover a consciência sobre a importância da preservação do patrimônio documental da humanidade; e incentivar a candidatura de novos acervos em diferentes regiões geográficas brasileiras.
A mostra, composta por cerca de 400 imagens, está dividida em módulos que tratam dos seguintes temas:
1. Programa Memória do Mundo da UNESCO/internacional, apresentando acervos nominados na categoria internacional.
2. Programa Memória do Mundo da UNESCO/América Latina e Caribe, com imagens dos acervos nominados na categoria regional.
3. Descobrimentos, sociedade colonial e Independência
4. Escravidão e movimento abolicionista
5. Imigração para o Brasil
6. Conflitos armados
7. Censura e repressão às lutas políticas no Brasil e na América do Sul
8. Povos indígenas e política indigenista
9. Literatura, cinema, música e tradições populares
10. História da ciência
11. Cartografia
12. Evolução urbana, arquitetura e urbanismo.
A exposição contará com monitores, folders sobre os acervos nominados e um catálogo.
São parceiros do Arquivo Nacional, neste projeto, a UNESCO e as instituições custodiadoras dos acervos nominados.
Contato:
Arquivo Nacional – Praça da República, 173, Centro, Rio de Janeiro-RJ
Tel: (21) 2179-1349

Um comentário:

  1. Lamentável, é o prejuízo q o Arquivo Nacional sofreu com a última temporal/chuva.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget