15/07/2010

Quadro de Portinari é roubado do Museu de Arte Contemporânea, em Olinda

Quadro Enterro, de Portinari, foi roubado do MAC de Olinda - Reprodução pe360graus

RECIFE - Um quadro do pintor Cândido Portinari chamado "Enterro", que fazia parte do acervo do Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (MAC-PE), em Olinda, foi roubado. A equipe do museu deu pela falta da obra na última quarta-feira.

O quadro é de 1959 e faz parte da chamada Série Azul do artista. A peça mede 23 x 33 cm e foi pintada em óleo sobre madeira. "Enterro", junto com os outro cinco Portinari que continuam no MAC, fazia parte da coleção de Assis Chateaubriand que originou o museu, inaugurado em 1966.

De acordo com a diretora do MAC, Célia Labanca, o quadro tem valor estimado entre R$ 800 mil e R$ 1,2 milhão.

Funcionários contaram que perceberam o crime na hora de fechar o museu, quando viram que uma moldura sem tela havia sido colocada atrás de uma janela. O museu não tem circuito interno de câmeras; somente dois vigilantes tomam conta do espaço quando está aberto. Na última quarta, 13 pessoas assinaram o livro de visitas do museu.

Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos e do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) assumiram o caso, mas a Polícia Federal (PF) e a Polícia Internacional (Interpol) também foram avisadas. O museu está fechado para a realização da perícia.

A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), responsável pela administração do museu, informou que os delegados Felipe Regueira e Cláudia Freitas estão à frente do caso.

Ainda segundo a Fundarpe, no dia do episódio, peritos do Instituto Tavares Buril estiveram no local para coleta de materiais para análise. Nesta quinta, técnicos do Instituto de Criminalística também compareceram ao museu.

Dos quatro museus de Olinda - MAC, Museu do Mamulengo, Museu de Arte Sacra e Museu Regional de Olinda - o único que não é gerido pela Fundarpe é o do Mamulengo, de responsabilidade da Prefeitura da cidade.

Em 2007, um quadro de Portinari - "O Lavrador de Café" - também foi roubado por ladrões que invadiram o Museu de Arte de São Paulo. Os também levaram uma obra de Pablo Picasso - "O Retrato de Suzanne Bloch". Os quadros foram recuperados e voltaram a ser expostos. Em 2008, outra obra de Picaso quatro gravuras de Picasso também foram roubadas por uma quadrilha da Pinacoteca de São Paulo.


FONTE: http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2010/07/15/quadro-de-portinari-roubado-do-museu-de-arte-contemporanea-em-olinda-917152990.asp

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget