09/12/2011

Relação do skate com o espaço urbano em debate no Rio

Museu da República recebe exposição e seminário sobre o esporte, febre no verão carioca


O skate é praticado por todo o Rio de Janeiro, como na Praça do Ó, na Barra Guilherme Leporace - Agência O Globo

RIO - Um dos esportes mais populares do verão carioca, o skate virou tema de debate no Rio. Até o dia 3 de janeiro, o Museu da República abriga o evento “República do Skate. Subversão do uso”, que conta com um seminário e uma exposição sobre a cultura do skate.
Surgido na década de 1960, nos EUA, o skate é, atualmente, muito mais do que um esporte. É um dos elementos centrais da contracultura contemporânea, com expressão artística, musical e corporal. É também uma indústria, que movimenta milhões de dólares por ano. No seminário, discute-se temas como as formas de conciliar os diferentes usos do espaço urbano público e como o skate pode ser um elemento de renovação de áreas degradadas e ao mesmo tempo contribuir na formação de uma consciência social sobre o bem público.
No próximo fim de semana, uma série de atividades serão realizadas no espaço do Museu. No sábado e no domingo, às 15h serão exibidos curtas-metragens sobre o tema, em sessões gratuitas na Sala Multimídia. Sábado, às 16h30m, acontece o debate “Skate e Cultura”, que reunirá nomes como a diretora do Circo Voador, Maria Juçá, a secretária de Cultura do Estado, Adriana Rattes, o skatista e produtor Cesinha Chaves e a filósofa Kátia Frecheiras. No domingo, na parte externa do museu, acontecem apresentações de Best Trick, do DJ Machintal, e de Acid Drop, a partir das 16h.

http://oglobo.globo.com/verao/relacao-do-skate-com-espaco-urbano-em-debate-no-rio-3399884


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget