10/01/2012

Dilma reconhece música gospel como manifestação cultural

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que considera a música gospel, de matriz religiosa, como uma manifestação cultural. A decisão está publicada no Diário Oficial desta terça-feira. Agora, padres, pastores, cantores e parlamentares que se apresentam e fazem shows gospel poderão recorrer aos benefícios da Lei Rouanet. A lei reconhece a música gospel como cultura e os eventos a ela relacionados, exceto os promovidos por igrejas. Apesar dessa restrição, são exatamente deputados e senadores evangélicos, que participam de cultos e que também são pastores, que mais comemoram a decisão da presidente.

O projeto é de autoria do ex-deputado Bispo Rodovalho (PP-DF). O advogado Paulo Fernando Melo, assessor da Frente Parlamentar Católica na Câmara, foi quem elaborou o texto. Ele comentou a decisão de Dilma em sancionar a lei.

- Foi uma decisão sábia, que vai fazer justiça a esse importante movimento cultural, de católicos e evangélicos. Vai estimular ainda mais a difusão da música religiosa no Brasil - disse Paulo Fernando.

Havia uma preocupação do Ministério da Cultura em relação ao projeto. Um receio de exploração religiosa. 

O ministério elaborou um parecer que recomendava prudência e demonstrava uma preocupação com a exploração religiosa dessa decisão.

FONTE:  http://oglobo.globo.com/pais/dilma-reconhece-musica-gospel-como-manifestacao-cultural-3626384#ixzz1j4tJ6BGW

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget