10/07/2012

Brasil sedia reunião internacional sobre proteção a museus e coleções

Especialistas de 50 países reúnem-se de 11 a 13 de julho, no Rio de Janeiro, para realizar reunião que fará estudo preliminar sobre a Proteção e Promoção de Museus e Coleções. O evento será transmitido ao vivo pelo site do Ibram (www.museus.gov.br) e do Programa Ibermuseus (www.ibermuseus.org), a partir dos canais de tradução simultânea em português, inglês, espanhol e francês.

Organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), em parceria com a Unesco e com o apoio do Programa Ibermuseus e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), o encontro é resultado da aprovação da proposta de resolução incluída, pelo governo brasileiro, na pauta da Comissão de Cultura da 36ª Conferência Geral da Unesco, que aconteceu em novembro de 2011. Sob o título “Proteção e Promoção de Museus e Coleções”, a proposta foi co-patrocinada por mais de 25 países dos cinco continentes, e recebeu diversas manifestações de apoio.

Esta é a primeira vez que uma reunião deste porte é realizada para discutir o tema. Foram convidados especialistas, indicados pelo Secretariado da Unesco, e observadores. Entre eles estão diretores de museus nacionais e internacionais, representantes governamentais dos países e organismos internacionais e intelectuais da área de museus.

A necessidade de promover o debate internacional sobre a proteção do patrimônio museológico e das coleções surgiu da percepção de que há um descompasso entre a relevância dos museus e a fragilidade das medidas para protegê-los. Um dos objetivos do encontro, que ocorrerá no Windsor Barra Hotel, será, justamente, discutir a viabilidade de se adotar um instrumento normativo internacional que minimize a vulnerabilidade dos museus e das coleções a situações de risco em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget