22/12/2011

Museu das relações terminadas

Certa vez ouvi em algum lugar que mulher guardava mais objetos de término de namoro. Não sei o que quiseram insinuar com isso, mas acho que deve ser verdade, pois elas enxergam aquela embalagem de bombom que o cara lhe deu na quinta série como o registro repleto de informação. E foi pensando em todo este registro que em Zagreb, na Croácia, um relacionamento que não foi bem sucedido de o casal Olinka Vistica e Drazen Grubisic quiseram criar algo inovador com o fim da sua relação amorosa. Depois da separação, apresentaram uma exposição numa bienal em nesta mesma cidade onde colocaram em exposição os presentes trocados enquanto estiveram juntos, como resultado, ouve grande identificação por parte do público que também partilhava tais lembranças boas (ou não).


Segundo Drazen, a intenção do museu é oferecer uma oportunidade para superar a ruptura doando o que torna difícil esquecê-la. A cada contribuição feita, fica anexado também o seu significado e o momento em que foi oferecida. “Cada objecto exposto é único e tem uma descrição cheia de sentimento, de como a pessoa viveu essa situação. Isto porque nós pensamos que pode mesmo ser terapêutico para os corações partidos”, acrescenta.







Leia mais:

Um comentário:

  1. Um machado!? esse museu é interessantíssimo! Não tem como não se identificar com algum desses objetos e um momento de nossas vidas...é poético...ao mesmo tempo que é triste...pesado...renovador...Taí um museu que eu adoraria visitar!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget