19/12/2011

Museu do Louvre adota Nintendo 3DS como guia virtual



MADRI - O austero museu do Louvre, em Paris, vai adotar o videogame portátil Nintendo 3DS como seu guia eletrônico a partir de março. Cinco mil unidades do console irão substituir gradualmente os audioguias tradicionais.

A tela dupla em 3D do portátil vai oferecer ao visitante, em oito idiomas, uma nova maneira de descobrir as obras que o museu abriga. Um dos motivos para o Louvre ter escolhido o videogame da Nintendo é a necessidade de convencer os jovens a acompanhar os pais durante as visitas.

Para evitar roubos, a versão do 3DS a ser usada pelo Louvre não rodará jogos. Seu empréstimo custará seis euros e exigirá apresentação de carteira de identidade.

A adoção do Nintendo 3DS faz parte da política do museu de explorar as opções tecnológicas para divulgar sua coleção. O Louvre prevê, por exemplo, investir um milhão de euros na melhoria dos seus aplicativos para celulares e tablets, e o uso do recurso de realidade aumentada está nos planos da instituição. Os apps do Louvre já foram baixados três milhões de vezes.

Lançado em fevereiro deste ano no Japão, o Nintendo 3DS permite ao usuário jogar com cenários 3D sem o uso de óculos especiais. O portátil vem com duas telas e possui acelerômetro e giroscópio. As vendas do aparelho atingiram três milhões de unidades no Japão, mas os consumidores americanos e europeus, em crise financeira, não estão comprando o 3DS no ritmo desejado pela Nintendo. O console chegou ao Brasil em junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget